Cidades Sensitivas

Por: Maíra Brandão | 16/12/15 11:31 PM

Realizado pelo  Ministério da Cultura (MinC), por meio da Secretaria de Políticas Culturais (SPC), em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), através do grupo INCITI – Pesquisa e Inovação para as Cidades, o programa Cidades Sensitivas irá desenvolver uma série de ações direcionadas a fornecer subsídios teóricos e práticos para a discussão do espaço público como lugar de expressão, o reconhecimento de dinâmicas sociais – especialmente as historicamente excluídas, e o debate das cidades enquanto espaço potente para experimentação de políticas públicas. O programa surge como desdobramento do programa piloto LabCEUs – Laboratórios de Cidades Sensitivas, buscando ampliar a pesquisa sobre o envolvimento das pessoas com os espaços urbanos, a partir do uso de tecnologias abertas.

Ações do programa Cidades Sensitivas:

– Chamada Pública para projetos de pesquisa e ação de 40 ocupações culturais em territórios urbanos. O processo será guiado por uma Consulta Pública online, tendo como objetivo reunir críticas, observações e sugestões para desenvolvimento dos itens da Chamada, a fim de adequá-la às reais necessidades dos que atuam com o tema Cultura e Cidades;

– Plataforma de código aberto, desenvolvida por bolsistas pesquisadores de sistemas de informação cultural para cadastro e cartografias de iniciativas e propostas de ações laboratoriais e práticas de ocupações criativas, para documentação das pesquisas, assim como para publicações de artigos;

– Eventos com sessões de apresentação de experiências, proposições de ideias e métodos, constituintes, encontros de plataformas, pesquisadores, redes e iniciativas culturais e urbanas;

– Publicação das pesquisas e ações do programa em diferentes formatos (livro impresso e e-book)

Confira a primeira edição da Revista Cidades Sensitivas.