ONU-Habitat e INCITI/UFPE instalam Campus de Pensadores Urbanos no Recife com o tema “Águas: Caminhos para a Sustentabilidade”

Por: Maíra Brandão | 16/11/17 8:23 PM

Por Flora Noberto

O Bairro do Recife se tornará o Campus de Pensadores Urbanos (Urban Thinkers Campus – UTC), de 29 de novembro a 02 de dezembro, com o tema “Águas: Caminhos para a Sustentabilidade”. A programação contará com debates, oficinas, workshops, grupos de trabalho e sessões plenárias, com o objetivo de construir um plano de ações para implementação da Nova Agenda Urbana (NAU), documento aprovado por mais de 170 países, com diretrizes para o desenvolvimento de cidades sustentáveis. O acesso às atividades será gratuito. As inscrições podem ser feitas no site www.inciti.org/aguas. A iniciativa é promovida em diversos países pelo Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) e seus parceiros, como um espaço de diálogo crítico e aberto entre aqueles que acreditam e trabalham por transformações urbanas positivas.

No Brasil, o INCITI – rede de pesquisadores da UFPE é responsável pela realização do evento pelo segundo ano. Desta vez, a programação estará integrada à trilha Cidades Inteligentes e Sustentáveis do REC’N’PLAY Festival, que acontecerá em todo o Bairro do Recife. A iniciativa conta com patrocínio da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper)/ Governo de Pernambuco e da Prefeitura do Recife. O Campus de Pensadores Urbanos conta ainda com diversos apoios e parceiros como Banco Safra, Porto Digital, L.O.U.CO, Aeso – Faculdades Integradas Barros Melo, UPlanet, Marco Zero Conteúdo, Paço do Frevo, Meu Recife e Mollusca Produções.

A primeira edição brasileira do Campus de Pensadores Urbanos aconteceu no Recife, em novembro de 2015, e construiu propostas de diretrizes para a Nova Agenda Urbana (NAU), aprovada na Habitat III – Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável, realizada em Quito, no Equador, em 2016. Este ano, o Campus volta a ser instalado no Bairro do Recife, desta vez com o objetivo de elaborar um plano de implementação desta Agenda, com as diretrizes para o desenvolvimento de cidades sustentáveis até 2036. No âmbito local, serão criadas ações para combater os problemas hídricos enfrentados atualmente e previstos para os próximos anos. A Nova Agenda Urbana está disponível neste link: http://habitat3.org/wp-content/uploads/NUA-Portuguese-Angola.pdf.

O tema “Águas: Caminhos para a Sustentabilidade” foi escolhido diante da situação das águas no Estado e a urgência em buscar soluções, face aos crescentes impactos devido às mudanças climáticas. A programação tem o intuito de criar um plano de ações que visem a sustentabilidade da água, em diálogo com os diferentes contextos urbanos, sociais e hídricos do território pernambucano.

Em mesas de debate e sessões, a programação abordará estudos e propostas de soluções para o aquecimento global e as marés crescentes, que podem vir a impactar boa parte da costa mundial. Simultaneamente, irão ocorrer debates sobre as cidades secas, seja pelo rareamento na incidência de chuvas, seja pela falta de infraestrutura para distribuição. A relação entre água e desenvolvimento econômico, o direita à água, as tecnologias de captação e tratamento das águas, o ciclo urbano da águas e os serviços públicos também estarão em pauta. Os desafios discutidos durante o Campus de Pensadores Urbanos servirão como inspiração para a hackathon, promovida pela Prefeitura do Recife, que vai desenvolver soluções para as mudanças climáticas, entre os dias 1º e 3 de dezembro.  A programação detalhada está disponível o site www.inciti.org/aguas, no qual é possível efetuar inscrições para participar.

Além das mesas de debate, estão confirmadas na programação os lançamentos do aplicativo AeTrapp (monitoramento comunitário de mosquitos Aedes) e da publicação colaborativa “URTIGA – Desenvolvimento Sustentável: mito ou realidade?”. Um dos laboratórios urbanos é o workshop de prototipagem da torre “Warka Water”, ministrado pelos arquitetos Lula Marcondes e Pedro Paes, que irá orientar a construção de uma torre de bambu e malha de poliéster projetada para coletar e fornecer água do ar como uma fonte alternativa para populações rurais que enfrentam desafios para acessar água potável. Ainda, serão apresentadas soluções desenvolvidas no Senseable City Lab, do Massachussets Institute of Technology (MIT).

CHAMADA PÚBLICA – O Campus Pensadores Urbanos é colaborativo e abre espaços para propostas de cidadãos, ativistas, artistas e profissionais de diversas áreas. Por isso, o INCITI estimula que pessoas, coletivos ou instituições realizem intervenções urbanas e atividades de reflexão e formação dentro do tema Cidades Inteligentes e Sustentáveis. As chamadas “Sessões Livres” podem ser debates, apresentações artísticas, oficinas, workshops, laboratórios e prototipagem urbana, dentro das categorias artes visuais e urbanas, culinária, saúde e bem-estar, esporte e lazer. Os interessados podem submeter propostas através do formulário bit.ly/sessoeslivres. A curadoria das atividades será realizada pelo INCITI e  o resultado da seleção será divulgado no dia 27 de novembro. As “Sessões Livres” serão realizadas nos dias 01 e 02 de dezembro, integrando a programação do festival REC’n’Play, dando continuidade às reflexões do Campus de Pensadores Urbanos.

SOBRE INCITI – Pesquisa e Inovação para as Cidades: é um grupo transdisciplinar de pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE que acredita na capacidade do cidadão em transformar a própria cidade. Propõe investigar a experiência urbana, analisar qualidades do espaço e do comportamento dos habitantes, além de buscar a compreensão dos processos, das pessoas e de suas reflexões. O INCITI conta também com a colaboração de laboratórios de pesquisas internacionais. O Parque Capibaribe é um dos projetos desenvolvidos pelo INCITI em parceria com a Prefeitura do Recife.

SOBRE REC’n’Play: É um festival de experiências digitais criativas, com eventos de educação, entretenimento e negócios. O objetivo principal é promover conexões com a cidade e deixar um legado para os participantes, com consequências práticas no cotidiano das escolas, startups, empresas públicas e privadas. O festival é realizado pelo Porto Digital, em parceria com o Grupo DUCA e a Ampla Comunicação. Em sua primeira edição, a organização do Festival convidou o INCITI/UFPE para pensar a curadoria da trilha Cidades Inteligentes e Sustentáveis.

Confira a programação completa do Campus de Pensadores Urbanos:
www.inciti.org/aguas
https://www.facebook.com/incitiorg

Saiba mais sobre o REC’N’PLAY:
http://recnplay.pe
https://www.facebook.com/recnplayfestival