Escassez de água no Agreste será debatida em Belo Jardim

Por: Maíra Brandão | 6/06/17 12:09 AM

Evento reunirá agentes de diversos setores em busca de soluções para o futuro sustentável das águas

A experiência de escassez da água, e de forma tão intensa como a vivenciada em Belo Jardim e nos municípios do entorno, traz a discussão cotidiana de inúmeras soluções para captação, distribuição, armazenamento, re-uso, gestão e controle, de modo a construir um futuro mais sustentável. Como forma de aproximar as soluções em andamento e em fase de desenvolvimento, acontece nesta quarta-feira, 7 de junho, a mesa redonda “Da crise à oportunidade: soluções para um futuro sustentável das águas”, que será realizada a partir das 9h, no Cine Teatro Cultura, em Belo Jardim.

A atividade irá reunir sociedade civil, órgãos públicos e instituições privadas para debater e pensar estratégias no intuito de reduzir os efeitos da escassez da água e melhorar a qualidade de vida em Belo Jardim e na região. Além de promover o diálogo entre pessoas e instituições que estão desenvolvendo projetos, programas e ações em prol da água na região, o evento pretende dar início à uma agenda de atividades contínuas para promover mudanças no cenário hídrico do semiárido.

Na ocasião, o INCITI irá convidar a todos a se envolverem no Campus de Pensadores Urbanos (Urban Thinkers Campus), iniciativa realizada em parceria com a ONU-HABITAT, que acontecerá em Recife, Belo Jardim e Petrolina, sob o tema Águas Urbanas para Resiliência Social e Ambiental.

O encontro desta quarta-feira (7), realizado pelo Instituto Conceição Moura, em parceria com o INCITI/UFPE e o Conselho de Usuários do Rio Bitury, integra a programação da Semana do Meio Ambiente do município.

Reunião no ICM, com o INCITI e o ConsuBitury. Foto: Maíra Brandão

Campus – Em 2015, o INCITI/UFPE iniciou a parceria com a ONU-Habitat, com a realização da primeira edição do Campus de Pensadores Urbanos, no Recife, no intuito de colaborar com a construção da Nova Agenda Urbana (NAU) – documento adotado em 2016 que irá guiar o desenvolvimento sustentável do planeta até 2036.

Este ano, a convite do órgão internacional o grupo de pesquisa da UFPE irá promover três Campus, no litoral, no agreste e no sertão, com foco na implementação da NAU. Sociedade civil, academia, setor público e privado e todos os interessados na transformação urbana positiva serão convocados para pactuar um plano de ação que combata os problemas relacionados às águas, em cada uma dessas regiões.

Leia mais sobre o Campus de Pensadores.

Serviço:
Mesa redonda “Da crise à oportunidade: soluções para um futuro sustentável das águas”
Quando: 7 de junho, quarta-feira, das 09h às 12h.
Local: Cine Teatro Cultura (R. João Monteiro Cândido Mergulhão, 66 – Centro, Belo Jardim – PE)
Aberto ao público